2 de março de 2014

O Gringo e O Transito

      O meu nome é Alex Bendix. Eu sou dos Estados Unidos e tenho 17 anos. O ano passado, eu passei dois meses no Brasil, na cidade de São Paulo, como um intercambista. Eu morava com uma família paulistana, ia para a escola e experimentava a cultura brasileira e a cidade de São Paulo. 
      Eu fui para o Brasil apenas para aprender português, sem saber muito da cultura brasileira, além do que eu aprendi por alguns filmes e algumas musicas. Embora, enquanto eu morava no Brasil, cada dia eu ficava mais apaixonado por tudo que esse pais maravilhoso tem: uma língua bela, cidades cheias de cultura, e um povo muito simpático. 

      Pois eu morava em São Paulo capital, e passei a maioria do meu tempo ali, nessa redação eu quero falar sobre a minha experiencia lá. 
Enquanto passeando pela cidade, eu via varias coisas interessantes na cidade de São Paulo.   Eu gostava de passear pela avenida paulista, onde eu olhava todos os prédios grandes. Além de caminhar ali, eu gostava muito de andar na parque Ibirapeura, uma parque  belíssimo de grama, rios e diversão. Enquanto eu andava na grama, eu podia pensar sem perturbação, e observar as crianças e as famílias deles brincando e aproveitando dum dia brilhante em sua legal cidade.
      Quando eu lembro a minha experiência no Brasil, além dos parques, eu lembro mais afetuosamente dos meus tempos com família e com amigos: um almoço famíliar num domingo, um churrasco ou uma feijoada, ou, especialmente, um jantar saboroso de waffle com queijo e peru na casa da vovó brasileira. 
  Muitas vezes durante a minha estadia em São Paulo capital, eu pensava algo semelhante ao sentimento seguinte: “Eu tenho muita vontade de me mudar para esse pais incrivel. Tem tanto que eu quero na minha vida: cultura interessante, comida boa, familiares tradicionais.. No futuro, eu quero que o meu filho nasça numa cultura assim.” 
      Contudo, quando eu seriamente pensava na possibilidade de me mudar para o Brasil e para a cidade bacana de São Paulo, sempre lembrava de algo desfavorável: o transito. 
      Se eu pudesse mudar qualquer coisa sobre São Paulo, a minha segundo-favorita cidade no mundo (depois de Nova Iorque), eu arrumaria o problema de transito. Como qualquer Paulistano sabe, o transito é um problema muito grande. Transito é um problema em qualquer cidade, sim (eu moro perto de Nova Iorque, onde transito é uma realidade também). Mas em São Paulo, o transito parece uma realidade, as vezes, insuportável. Sem método, sem ritmo, a qualquer hora e em qualquer clima, uma pista pode se tornar entupida rapidamente, fazendo um passeio pequenino, de repente, muito grande. 
      Despois de dois meses no Brasil, eu quero falar treis coisas que eu sei com certeza sobre essa cidade:
1.)São Paulo é uma das melhores cidades no mundo;
2.) Os paulistanos são as pessoas mais legais que eu conheci na minha vida; 
E finalmente:
3.) São Paulo, e todos os Paulistanos, merece algo melhor do que tem agora. 

Texto sem correções

Alex Bendix -Mora em Wilton, Connecticut, EUA. Vai se formar no Wilton High School em Junho de 2014, Presidente do grêmio estudantil do Wilton High School, professor assistente de inglês no Colégio Mariscal Gammarra por 3 semanas em Cusco, Peru (Julho, 2012), Intercâmbista do Rotary International em São Paulo, Brasil (Julho-Agosto, 2013), aceito pela Universidade da Pensilvânia-Filadélfia, Pensilvânia, EUA, onde estudará negócios, relações internacionais e português. Hoje ele faz 18 anos.

0 Comentários :